quarta-feira, 21 de abril de 2010

Como uma pessoa cega utiliza o computador?

Como uma pessoa cega utiliza o computador?

Esta é uma pergunta que muitas pessoas fazem para mim. Hoje vou escrever sobre este assunto:
A primeira coisa que perguntam quando dizemos que mexemos no computador é como utilizamos o teclado. - Vocês usam algum teclado especial?
Respondendo a esta pergunta: Não, utilizamos um teclado normal, sem adaptações. Verifique em seu teclado a existência de três pontos, no "F", "J"e o "5" da calculadora. Estas saliências ajudam a memorizar a posição das outras teclas; (o d fica ao lado esquerdo do f, o m fica embaixo e ao lado direito do j, e assim sucessivamente). Quando estamos aprendendo a ordem das letras no teclado, utilizamos o recurso de ser soletrada cada letra. Conforme vamos digitando as letras, os sintetizadores de voz dos leitores de tela vão pronunciando-as para nós. Com a prática, com o tempo desligamos a soletragem, pois, às vezes este recurso deixa nosso trabalho um pouco lento.
Após termos explicado sobre como utilizamos o teclado, sempre nos perguntam:
- Mas como vocês sabem o que está escrito na tela?
Isso é algo bem simples: Para que possamos saber o que está escrito na tela, instalamos em nosso computador programas que chamamos de leitores de tela e estes leitores de tela vêm com cintetizadores de voz. Estes programas tem o papel de reproduzir o que está escrito na tela em voz. Hoje em dia existem vários programas que podemos utilizar para isso. Os mais conhecidos são o Jaws for Windows, o Virtual Vision e o NVDA.
Praticamente não utilizamos o mouse; a maioria das funções que ele faz, podemos fazer no teclado, seja por combinação de teclas, ou atalhos. Ressalto, entretanto, que nenhum programa de leitura de telas é perfeito e que sem uma acessibilidade adequada, como por exemplo as informações em texto em vez de desenhadas em uma imagem, nosso acesso fica limitado, visto que softwares ainda não lêem conteúdo de fotos. Desde o momento que podemos utilizar o computador, podemos ser mais independentes para fazer tarefas simples como mandar e-mails, escrever textos, pesquisar na internet, etc.
Bom, vou terminando minha postagem de hoje por aqui. Abraços a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário